Formas de Energia Renovável




“Energias renováveis são todas aquelas formas de energia cuja taxa de utilização é inferior à sua taxa de renovação. As suas fontes podem ter origem terrestre (energia geotérmica) gravitacional (energia das marés) e solar (energia armazenada na biomassa, energia de radiação solar, energia hidráulica, energia térmica oceânica e energia cinética do vento e das ondas). Também são consideradas fontes de energia renovável os resíduos agrícolas, urbanos e industriais.”
Fonte  - DGGE  -http://www.dgge.pt/




Energia Solar
Para além de que a energia solar, directamente por si só pode ser utilizada como fonte de energia térmica, quase todas as outras fontes de energia – hidráulica, biomassa, eólica, combustíveis fósseis e energia dos oceanos – são formas indirectas de energia solar.
A energia solar pode ser utilizada como energia térmica, para aquecimento de águas quentes sanitárias (AQS), Aquecimento ambiente, ou também para a produção de força motriz, pode ainda ser convertida directamente em energia eléctrica (sistema solar fotovoltaico).
Os sistemas solares passivos e activos, são neste momento, uma das formas mais eficientes de promoção da eficiência energética do novo milénio, mais adequadas á construção. O aproveitamento da iluminação natural e do calor para aquecimento de ambientes, denominado aquecimento solar passivo, ocorre a partir da captação directa ou absorção da radiação solar pelas edificações, reduzindo-se, com isso, as necessidades de iluminação e aquecimento, aumentando a eficiência energética.

A forma indirecta do aproveitamento do sol como forma de energia é a utilização de colectores solares térmicos, para a captação da radiação e a transformação em calor sob a forma de um fluido, que transporta o calor para um depósito de acumulação, que por sua vez abastece de água quente as instalações de AQS (Habitações, Hotéis, Hospitais, Residenciais, Escolas, Lares, Restaurantes…)

Para além da produção de energia térmica para aquecimento de águas pela radiação solar de forma indirecta, temos também a produção de energia eléctrica, através dos módulos fotovoltaicos, que captam a radiação, e com um sistema de conversão, transformam essa radiação em energia eléctrica.

Aprofunde estes conhecimentos no nosso BLOG… Brevemente na Página


Energia Eólica

A energia eólica representa o aproveitamento da energia cinética contida no vento para produzir energia mecânica (a rotação das pás) que pode ser transformada em energia eléctrica através de um gerador eléctrico. 
O vento é utilizado há milhares de anos para responder às necessidades energéticas da actividade humana, por exemplo para propulsar meios de transporte (barcos à vela), bombear água ou permitir o funcionamento de actividades industriais, como era o caso dos moinhos de vento ainda visíveis no cume de muitos montes portugueses, e muitos ainda hoje em funcionamento.
Como a maior parte das fontes de energia renovável (excepto a energia geotérmica), a energia eólica é uma forma de energia solar: tem origem no aquecimento da atmosfera pelo sol, que põe em movimento as massas de ar. A rotação da terra, a forma e cobertura da superfície terrestre e os planos de água, influenciam por seu turno o regime dos ventos, ou seja, a velocidade, direcção e variabilidade do vento num determinado lugar.
Hoje em dia, a energia eólica é cada vez mais utilizada para produzir electricidade, seja para utilização local descentralizada, por exemplo em lugares isolados, seja em grandes “parques eólicos” constituídos por vários aerogeradores ligados à rede eléctrica



Energia das Ondas e das Marés
A energia das ondas, obtém-se através da energia cinética do movimento das ondas que pode ser usada para pôr uma turbina a funcionar. A energia mecânica dessa turbina é por sua vez pode ser transformada em energia eléctrica através de um gerador.
Actualmente, utiliza-se o movimento de subida/descida da onda para dar energia a um êmbolo que se movimenta para cima e para baixo num cilindro. Esse movimento produz energia mecânica que pode por um gerador a funcionar.
Os sistemas para retirar energia das ondas são muito pequenos e apenas suficientes para iluminar uma casa ou algumas bóias de aviso por vezes colocadas no mar.
.
A deslocação das águas do mar é outra forma de produção de energia – energia das marés. Para a transformar são construídos diques que envolvem uma praia. Quando a maré enche a água entra e fica armazenada no dique; ao baixar a maré, a água sai pelo dique como em qualquer outra barragem.
Para que este sistema funcione bem são necessárias marés e correntes fortes. Tem que haver um aumento do nível da água de pelo menos 5,5 metros da maré baixa para a maré alta. Existem poucos sítios no mundo onde se verifique tamanha mudança nas marés.

Energia a partir da Biomassa


A Biomassa é uma substância orgânica, proveniente dos resíduos vegetais, produzidos pelo processo de acumulação de energia solar.
O seu maior potencial é ser considerada uma energia renovável
O princípio de funcionamento deste sistema é a queima de combustível, a partir dos resíduos vegetais, que não causa as grandes emissões para a atmosfera de dióxido de enxofre, como outros combustíveis fósseis.
 O balanço do dióxido produzido na queima da biomassa é igual a zero, devido à sua absorção no processo de fotossíntese. O que não se verifica com as energias não renováveis, que poluem consideravelmente o ambiente através de grandes emissões de dióxido de enxofre, produzido na queima de carvão, gasóleo, óleo e gás.

Energia a partir da Geotermia

"Geotérmico" vem das palavras gregas geo (terra) e therme (calor). Deste modo, geotérmico significa calor terrestre.

Como o próprio nome indica, esta forma de energia provem do calor da Terra,  e é um recurso que pode ser aproveitado em locais com actividade vulcânica…
… onde existam águas ou rochas a temperatura elevada, e em zonas onde seja possível atingir estratos magmáticos.
A produção de electricidade, é feita através de uma turbina movida a vapor de água, produzido pelo aquecimento do interior da terra. Este potencial é usado para produção de energia eléctrica, utilizando centrais de turbinas a vapor, e como fonte de calor em estufas ou em bombas de calor, para aquecimento ou arrefecimento de edifícios.
Este tipo de energia é limpo, uma vez que não produz qualquer tipo de emissão gasosa e é
renovável, uma vez que é inesgotável. Esta apenas depende, essencialmente do local onde se encontra, uma vez que as zonas vulcânicas, são mais propicia á utilização desta forma de energia

0 comentários:

Enviar um comentário

Follow by Email

Número total de visualizações de página

Todos os que passam por nós,

não vão sós,

deixam um pouco de si,

e levam um pouco de nós…..


Share it

Noticías

Loading...

Sobre Este Blog


Este Blog pretende ser um espaço informativo sobre a temática das energias renováveis. Aqui vão ficar assentes pequenos apontamentos, noticias, novidades, quer de carácter legislativo, quer de carácter técnico que surgem no sector das energias renováveis.


As Energias Renováveis são indespensáveis para um desenvolvimento sustentável

Para o ambiente, o quilowat mais eficeiente é aquele que não consumimos, pois para garantir um desenvolvimento sustentavel não basta a boa vontade, ideologia ecológica, ou uma visão ambiental estratégica. Há que partir para o cumprimento legal e reduzir os consumos energéticos, garantindo a qualidade do ar ambiente, reduzindo as emissões de carbono para a tmosfera, utilizando para o efeito, fontes de energia renovável.


No entanto, e apesar dos mecanismos accionados pelo governo para a implementação das energias renovaveis, a falat de apoio na sua implementação, e a falat de informação por parte do consumidor final, bem como as reticencias que ainda existem em implementar um sistema de produção de energia de forma renovavel, são alguns dos principais obstaculos ao avanço desta tecnologia, que se estivesse ao alcance de todos, certamente haveria possibilidades concretas na redução destas emissões para o ambiente, e efectivamente a factura energética do paiz seria reduzida.


Aproveite para subscrever o nosso Feed RSS e mantenha-se sempre actualizado

Energias Renováveis

A constante exploração dos recursos naturais a nivel mundial, trouxe no incio do século XX, graves preocupações mundiais, não só com a escassez deste recurso, mas também com as consequências ambientais que este aporta, nomedamente a poluição da atmosfera e a degradação do solo. A primeira fonte de energia conhecida e eexplorada, o carvão, para além de ser um elemento natural bastante poluente, aporta graves consequências ambientais, além que é um recurso energético esgotável. As centrais eléctricas a carvão, são grandes poluidores do ar atmosférico. O petróleo, uma fonte mais recente, com cerca de cem anos de exploração, também já tem os seus dias contados. A energia nuclear, apaesar de ser uma excelente fonte, alerta-nos para o perigo os residuos radioactivos. Ou seja, As tradicionais fontes de energia estão em declineo, não só derivado ás suas caracteristicas efémeras, mas também por serem uma constante ameaça para o ambiente, que temos de proteger para sobreviver. Nesse sentido, as exigencias governamentais para a utilização de fontes de enrgia renovavel “Fontes de Energia Alternativa” ganham um espaço cada vez maior na nossa actualidade. A preocupação com um futuro seguro no que toca á energia é uma constante da maioria das organizações governamentais, uma vez que esta é um dos principais factores essenciais á permanecia da vida humana… desde a energia em forma de calor para aquecer, para cozinhar, para iluminar, para auxiliar o movimento mecânico, para trabalhar… somos um povo que se tornou dependente das fontes de energia. E agora? Há que ter consciencia, e saber usar a energia de uma forma eficiente, conservando-a e preservando a natureza. Sem energia, não há desenvolvimento. Sem desenvolvimento, não há sustentabilidade. Mas essa sustentaibilidade, também depende da forma como produzimos essa energia que consumimos, e as fontes de produção de energia tradicionais, estão a causar ao ambiente uma degradação de tal forma, que dificilmente conseguiremos por muito mais tempo garantir essa sustentabilidade. O efeito de estufa, é uma das grandes preocupações mundiais, o Protocolo de Kioto, que deveria ter sido revisto em Copenhaga ainda está longe de ver alcançado os seus objectivos. A utilização das energias renováveis como fonte de produção de energia, são um dos objcetivos que esse protocolo deve atender, e que deverá marcar as proximas décadas. É PRECISO FAZER OPÇÕES, MAS HÁ QUE TER EM CONTA QUE A OPÇÃO GOVERNAMENTAL POR UMA ESTRATÉGIA ENERGÉTICA, TEM DE PASSAR INEVITAVELMENTE PELA ESCOLHA DE UMA ESTRATÉGIA AMBIENTAL.

Popular Posts

About Me

Carla Guerreiro
Olá, Sou Engenheira Mecânica, directa, expressiva, sensível, humilde. Adoro conversar, discutir (no bom sentido), não consigo resistir a um bom desafio, e um dos maiores prazeres da minha vida são a natureza, ler, aprender e amar! Sou dirigente do CNE, adoro crianças e jovens.. os meus filhos são tudo para mim. Adoro os meus alunos, para eles ensino e com eles aprendo... são eles também uma lufada de ar fresco na minha vida, porque por eles, também me tenho de manter actualizada... porque ensinar.. implica saber... e saber implica mudança... implica actualizar.. não digo que não sempre que posso dizer sim..pois "Mais vale o arrependimento de ter feito algo ao arrependimento de não ter sequer tentado".
Ver o meu perfil completo

Featured Posts